segunda-feira, 29 de agosto de 2016

O castigo justo para a República do Texas.

Os vermelhos chutaram 1 bola no segundo tempo.Uma bolinha.
Ariel errou um gol ridiculo.Bola de futebol e detergente "não combinam".
aí veio o castigo justo.Justíssimo.
O treinador-trabalhador (Roth) colocou Fernando Bob aos 39.
Pimba.
Fez a falta que originou o gol de empate.
O Inter tinha um latifúndio para atacar.O treinador-trabalhador poderia colocar Nico Lopes.Colocou um "volantão".Pediu e levou o empate.
O Grêmio dominou amplamente o Atlético (MG).Douglas cansou e Roger colocou Ramiro. Desequilibriou o sistema.O Galo teve 2 chances de gol em 5 minutos.O Grêmio jogou 2 pontos pela janela.
O castigo justo veio para cima do Grêmio.Roger tentou consertar o erro.Tirou um volante.Mas aí já era tarde.
Nenhum corneteiro da Redenção é "contra volante".
Walace-Maicon-Jailson nos serve.
Souza-Riveiros-Ramiro não nos serve.
Não é a quantidade de volantes.O problema é colocar volantes "tipo Fernando Bob".
Na República do Texas os volantes mordedores são venerados.Os que sujam o calção de barro..
Estes tem vida longa!
O Grêmio sofreu um gol do San Lorenzo na Libertadores porque Edinho fez uma falta desnecessária na intermediária.Alçaram a bola na área e o Grêmio tomou o gol.
A República do Texas se repete.Ano após ano.E nós assistimos os cariocas,paulistas e mineiros colocando faixas nos pontos corridos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário