sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Retiraram a gangorra.....(Aconteceu ontem)



Boa tarde, RW.

Abri a IVI da Ipiranga hoje e me deparo com tal coluna: "Não há gangorra. Há gestão ou falta dela."

Pois bem, não deixa de ser verdade, mas é impressionante, para não dizer previsível, como a IVI começou a destruir a imagem da gangorra. E por que fariam isso justamente agora e não nas era vitoriosa do Inter? Se não fossem tão previsíveis, não ousaria cravar, mas tratando-se da IVI, digo sem medo de errar: é óbvio o esforço dos vermelhos em mostrar como Grêmio e Internacional estão num mesmo patamar nesse momento. E para isso, destroem a imagem da gangorra, superestimam a Série B e subestimam as contratações gremistas.

E ao ler a coluna, encontra-se mais indícios sobre isso. São mostrados exemplos de acertos e erros das direções da dupla Gre-Nal, mas, para finalizar, é chegada a simplória conclusão: "Não estou aqui para endeusar Romildo Bolzan e demonizar Vitório Piffero. Ambos tiveram acertos e erros. Mas no saldo deste biênio, o Grêmio sai da frente com o título. O Inter, atrás, com o rebaixamento."

Ao falarem isso, colocam um título nacional e um rebaixamento na principal competição brasileira como coisas próximas, ignorando completamente o fato que para ser campeão ou rebaixado, os modelos de gestões adotadas pelas direções devem ser completamente opostas.

A IVI traz uma constatação óbvia (a de não existir uma gangorra que gere magicamente o futebol da dupla Gre-nal) para tentar justificar algo completamente lunático (que as gestões são semelhantes, que as situações dos clubes são parecidas, mas "com o Grêmio um pouco a frente do Inter"). 

Começo do ano, período que a dupla está de férias, a IVI fica ainda mais perversa. Felizmente, o Bardahl é abundante também. 

Um abraço,
Corneteiro Thomas Imortal

Nenhum comentário:

Postar um comentário